Institucional

A FEPACAN é pessoa jurídica de direito privado, sem fins econômicos, constituída nos moldes de associação de caráter desportivo, conceituada como entidade estadual de administração do desporto, que tem por objetivo promover, apoiar, favorecer e divulgar atividades de práticas e intelectuais de canoagem nas manifestações do desporto educacional, desporto de participação e desporto de rendimento, visando o crescimento qualitativo e quantitativo desta modalidade no Paraná.

Foi fundada em 03 de novembro de 1997, na cidade de Londrina, é órgão soberano na direção da modalidade desportiva de canoagem no Estado do Paraná. Desde 1º de julho de 2016, a FEPACAN está com sede na Cidade de Foz do Iguaçu, Paraná, à Rua Pedro Basso, nº 647, sala 4, Bairro Alto São Francisco, CEP 85863-756.

Desde a sua fundação, a canoagem paranaense tem formado atletas e construído uma rica história dentro do cenário nacional. As canoagens olímpica e paralímpica brasileira possuem no Estado do Paraná um enorme celeiro de bons atletas, além de poder contar com locais bem estruturados para a prática desportiva.

Contando com o apoio do Estado do Paraná, através da Paraná Esporte e da própria Confederação Brasileira de Canoagem, foi possível criar no Estado ao longo de todos esses anos de existência excepcionais estruturas para a prática desportiva, como o Canal Itaipu, na Cidade de Foz do Iguaçu, palco dos Mundiais de 2007 (Sênior de Canoagem Slalom), 2014 (Sub23 e Sênior de Rafting) e 2015 (Júnior e Sub23 de Canoagem Slalom). Nas águas calmas, Curitiba já sediou no Parque Náutico do Iguaçu o Campeonato Mundial Júnior de Canoagem Velocidade no ano de 2001. Não é qualquer País ou local que em pouco tempo de história tenha sediado quatro campeonatos mundias, sem contar com inúmeros outros eventos FIC e continentais.

Evidentemente que as estruturas auxiliaram muito no crescimento do esporte no Estado. Entretanto, de leste a oeste, norte a sul, o Paraná possui muitos locais aprazíveis e propícios à prática desportiva olímpica e não olímpica da canoagem. Aliás, na canoagem realizada em piscinas ou lagos que é o Caiaque Polo, Londrina sempre foi referência nacional, assim como Ribeirão Claro é considerado um paraíso para maratonas e onde ótimos atletas surgem a todo ano.

Em 2020 e 2021, três novas grandes estruturas esportivas estarão surgindo no Estado. Em Cascavel, a raia olímpica será uma das melhores do Continente Americano. Tomazina e Tibagi ganharão dois canais semiartificiais que transformarão a região em mais um grande polo da Canoagem Slalom brasileira.

É evidente que existe a possibilidade de se ter muito mais associações e atletas no Estado do Paraná, porém, neste momento, é necessário que a FEPACAN se junte às demais federações e associações desportivas olímpicas e não olímpicas para criar mecanismos que suportem os ônus impostos a qualquer entidade desportiva. Desde o ano de 2001, não existe nenhum apoio governamental que permita o auxílio financeiro destas entidades as quais muitas sobrevivem em virtude de ações verdadeiramente abnegadas de seus dirigentes.

ATA 36 ELEIÇÃO 2020-2024

4ª ALT.ESTATUTO 27-10-2016 2 em 1 preto-branco

ATA 35 ELEIÇÃO 2016-2020 27-10-16