Presidente e conselheiro da Fepacan visitam Conselho Regional de Educação Física

Em 1º de dezembro de 2020, dia seguinte as eleições da FEPACAN, o presidente Argos Gonçalves Dias Rodrigues e o Conselheiro Fiscal João Emerson dos Santos Kondo, estiveram presentes no Conselho Regional de Educação Física na 9ª Região, onde foram gentilmente recebidos pelo Presidente Professor Antonio Eduardo Branco.

Preocupados com a qualidade e eficácia na preparação física dos atletas da base da canoagem paranaense, bem como no estrito cumprimento do dever legal que impõe a participação efetiva dos profissionais de educação física no comando das atividades desportivas os representantes da FEPACAN buscaram informações no sentido de regularizar a situação de treinadores de Clubes sem o registro do CREF, bem como encontrar uma solução estadual que proporcione o conhecimento e a prática do esporte da canoagem em algumas faculdades de Educação Física no Estado do Paraná.

Para o presidente da FEPACAN trata-se de um assunto bastante importante, pois se refere à saúde dos nossos futuros atletas. Além disso não há que se discutir a legitimidade ou não dos educadores físicos, visto tratar-se de imposição legal que poderá se transformar em verdadeira ameaça à continuidade das atividades diárias nos clubes onde a regra seja vilipendiada.

“Evidentemente que não se discute o conhecimento de um profissional de educação física no processo de desenvolvimento físico de qualquer atleta. Para nós que estamos preocupados em, prioritariamente, desenvolver a base do esporte em todo o Estado, é fundamental que esse processo esteja sendo acompanhado de perto por um profissional devidamente cadastrado ao Conselho Regional de Educação Física. Por outro lado, também não se discute o mais completo descaso das faculdades de Educação Física em oferecer uma metodologia de ensino dessa disciplina olímpica, de forma que o profissional ao sair dos bancos acadêmicos, invariavelmente, a não ser que tenha sido atleta, estará completamente despreparado de encabeçar um projeto de canoagem. Portanto, há que se encontrar uma fórmula de se equacionar esse problema que aflige o Brasil inteiro e quero crer que com a parceria entre a FEPACAN e CREF teremos como resolver isso através de cursos on line e presencial em piscinas para os acadêmicos de Educação Física”.